quarta-feira, 1 de março de 2017

Enquanto Bela dormia, de Elizabeth Blackwell - Editora Arqueiro

Enquanto Bela dormia, de Elizabeth Blackwell - Editora Arqueiro
Enquanto Bela dormia
Editora Arqueiro
Ano: 2016
Número de páginas: 368

Uma de minhas paixões literárias são as releituras de contos de fadas tradicionais. Enquanto Bela dormia, de Elizabeth Blackewll, adaptação da história de Bela Adormecida, foi lançado pela Editora Arqueiro no ano passado, e entrou para a minha imensa lista de leituras desejadas desde então. Posso dizer que o livro não me decepcionou. 

A narrativa se dá sob o ponto de vista de Elise, que ao escutar uma de suas bisnetas contando a história de Bela Adormecida aos irmãos menores, resolve contá-la a verdadeira história de Bela. E é nesse momento que, através da voz de Elise, voltamos no tempo e descobrimos uma jovem que, após descobrir-se uma filha bastarda e perder mãe e irmãos para a varíola, resolve trabalhar no castelo, onde sua mãe trabalhara quando jovem. Elise chega ao castelo com 14 anos e rapidamente é promovida a dama de companhia da rainha Lenore.

Por não conseguir engravidar, a rainha compromete-se com rituais pagãos, levada por Millicent, a tia ressentida (e meio bruxa) do rei Ranolf. Millicent garante à rainha que, dessa forma, ela conseguirá dar um herdeiro ao rei. Lenore consegue, finalmente, engravidar de Rosa, a Bela, mas as coisas fogem do controle quando o rei expulsa Millicent do reino, que vai embora amaldiçoando o rei e sua família e jurando vingança. São anos de medo e cuidados excessivos em relação à Rosa até que ela cresça. E quando menos o rei Ranolf espera, Millicent dá o bote.

Para quem espera um conto de fadas clássico, repleto de magia, talvez se surpreenda com uma narrativa que, embora seja uma releitura de a Bela Adormecida, traz uma história com base na realidade. Apesar dos mistérios e ritos que envolvem Millicent, não podemos dizer que ela se ja uma bruxa tal como conhecemos de outros textos. A narrativa é repleta de personagens fortes, que tomam parte em uma disputa entre o que, simplificando um pouco, podemos chamar de bem e mal. Enquanto Bela dormia é um livro extremamente agradável de se ler. Nossos olhos deslizam pelas palavras e, quando percebemos, a leitura acabou. Creio que um dos grandes méritos da autora é tratar com originalidade um tema tão conhecido (e, até certo ponto, bem batido), conseguindo nos surpreender em certos momentos, inclusive no final. Leitura mais que recomendada.

Enquanto Bela dormia, de Elizabeth Blackwell - Editora Arqueiro

Para comprar: Saraiva | Cultura | Submarino